Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/119
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorGuedes, Janesca Mansur-
dc.contributor.authorDe Togni, Adenite-
dc.date.accessioned2019-08-07T14:32:22Z-
dc.date.available2019-08-07T14:32:22Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.urihttp://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/119-
dc.descriptionO tratamento ideal das lesões de ligamento cruzado posterior (LCP) ainda está sendo estudado e discutido. As intervenções estendem-se de procedimentos não operacionais (conservadores) até a reconstrução do LCP, de acordo com o grau da lesão. O tratamento conservador vem sendo utilizado em lesões isoladas de LCP e têm produzido resultados favoráveis. Na fisioterapia os exercícios vão desde a mobilização passiva até exercícios de agachamento Este estudo trata-se de revisão narrativa da literatura e tem como objetivo trazer o que há de evidência no tratamento conservador de lesões de LCP. A busca dos artigos foi realizada nas bases de dados, Biblioteca Virtual em Saúde (BIREME), National Library of Medicine (PubMed) e PEDro (base de dados de evidências em fisioterapia). Os artigos foram obtidos por meio das seguintes palavras-chave: “posterior cruciate ligament”, physical therapy modalities”, conservative treatment e “knee injuries” sob o descritor booleano “and”. A busca de referências se limitou a artigos publicados nos últimos 10 anos (2007 a 2017), escritos em qualquer língua. Dos 495 artigos encontrados, somente 83 preencheram os critérios de inclusão. Destes, restaram somente 4 que preencheram todos os critérios de inclusão e chegaram no desfecho pretendido. Todos os artigos tratavam-se de revisões de literatura, um artigo era escrito em alemão e os outros 3 em inglês. Lesões isoladas de LCP são tratadas de forma conservadora e lesões crônicas ou combinadas são tratadas de forma cirúrgica. A reabilitação é progressiva indo de exercícios passivos até exercícios de cadeia cinética fechada. O paciente será liberado para as atividades esportivas dentre 3 à 6 meses de tratamento, variando conforme a atividade. Conclui-se que lesões isoladas de ligamento cruzado posterior geralmente são bem toleradas com um tratamento conservador e os resultados são favoráveis, utilizando a imobilização e a fisioterapia como forma de tratamento.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectFisioterapiapt_BR
dc.subjectLigamento cruzado posteriorpt_BR
dc.subjectJoelhos - Ferimentos e lesõespt_BR
dc.titleTratamento conservador em lesões de ligamento cruzado posterior: revisão bibliográficapt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missõespt_BR
dc.degree.initialsURI Erechimpt_BR
dc.degree.departmentCiências da Saúdept_BR
dc.degree.programEspecialização - Fisioterapia, Ortopedia e Traumatologiapt_BR
dc.degree.countryBrasilpt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Adenite De Togni.pdf204,99 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.