Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/167
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSantolin, Marta Beatriz-
dc.contributor.authorHolz, Fabíola Cristina Pizetta-
dc.date.accessioned2019-08-12T19:30:35Z-
dc.date.available2019-08-12T19:30:35Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.urihttp://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/167-
dc.descriptionA incidência de distúrbios atópicos vem crescendo nas últimas décadas, especialmente nos países industrializados, sugerindo uma associação ao estilo de vida moderno. A Dermatite Atópica (DA) é uma doença crônica multifatorial que possui estreita relação com o microbioma do indivíduo. O presente estudo refere-se aos dados publicados sobre o efeito dos probióticos e tem como objetivo apresentar a relação existente entre as bactérias probióticas, o microbioma intestinal e a pele. Em uma revisão de literatura encontrou-se 43 publicações sendo artigos originais, revisões e meta-análises, publicadas entre 1986 e 2016. Com as mudanças ambientais e de estilo de vida que ocorreram nas últimas décadas, observou-se o declínio da biodiversidade, contudo, o sistema imunológico e o microbioma são os principais alvos, refletindo em defeitos imunológicos e doenças de cunho alérgico. As bactérias probióticas têm papel fundamental na manutenção e reparo da microbiota, mostrando resultados como adjuvante na prevenção e tratamento da dermatite atópica, tendo em vista que melhores resultados ocorrem quando a suplementação é realizada na gestação e nos primeiros meses de vida. Embora sejam necessários mais estudos para esclarecer cepas, dosagens e populações-alvo, o uso de probióticos parece ser promissor na prevenção e no tratamento da DA.pt_BR
dc.description.abstractThe incidence of atopic disorders has been increasing in recent decades, especially in industrialized countries, suggesting an association with the modern lifestyle. The atopic dermatitis is a chronic multifactorial disease that is closely related to the individual's microbiome. This study refers to the published data on the effect of probiotics and it has at an objective to show the relationship between probiotic bacteria, the intestinal microbiome and the skin. A review of the literature founded 43 publications original articles, reviews and meta-analyzes published between 1986 and 2016. With the environmental and lifestyle changes that have occurred in recent decades, biodiversity decline has been observed; however, the immune system and microbiome are the main targets, reflecting immunological defects and diseases of an allergic character. Probiotic bacteria plays a key role in the maintenance and repair of the microbiota, showing results as an adjuvant in the prevention and treatment of atopic dermatitis, considering that the best results has occur when supplementation is performed during pregnancy and during the first months of life. Although further studies are needed to clarify strains, dosages and target populations, the use of probiotics appears to be promising in the prevention and treatment of AD.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectNutriçãopt_BR
dc.subjectProbióticospt_BR
dc.subjectDermatite atópicapt_BR
dc.subjectMicrobiota intestinalpt_BR
dc.subjectPele - Inflamaçãopt_BR
dc.titleEfeito de bactérias probióticas no tratamento da dermatite atópicapt_BR
dc.title.alternativeEffect of probiotic bacteria in the treatment of atopic dermatitispt_BR
dc.typeArtigo Científicopt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missõespt_BR
dc.degree.initialsURI Erechimpt_BR
dc.degree.departmentCiências da Saúdept_BR
dc.degree.programEspecialização em Nutrição Clínica com ênfase em Estéticapt_BR
dc.degree.countryBrasilpt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fabíola Cristina Pizetta Holz.pdf438,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.