Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/352
Tipo de documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Autor(es): Bez, Raiane Luiza Balestrin
Orientador(es): Bula, Natalia Nakadomari
Título principal: Maternidade Abraccio: um olhar da neurociência e humanização de projeto hospitalar para a cidade de Erechim-RS
Publicação: 2021
Resumo: Quando se pensa em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS) frequentemente associa-se a edificações com tecnologia de ponto que permitem otimizações de processos e redução de riscos. As complexidades das exigências técnicas do ambiente hospitalar, muitas vezes, acabam por enfraquecer valores básicos e primordiais relacionados às emoções, percepções, sensações e experiências dos usuários. Ao analisar os usuários desses ambientes - pacientes, visitantes e funcionários - deve-se ter em mente que esses grupos têm necessidades diferentes. Um dos desafios mais difíceis e mais importantes para os projetistas é ser sensível às questões subjetivas e experienciais desses grupos e explorar fatores que tornem o ambiente hospitalar mais acolhedor, usando estratégias de humanização baseadas em contribuições interdisciplinares para criar espaços funcionalmente e psicologicamente eficientes. Além da humanização, outro fator importante que desencadeou esta pesquisa, foi a problemática de saúde materna brasileira. Partindo dessa ideia, este trabalho tem como objetivo relatar como o entrelaçamento da neurociência com a arquitetura podem auxiliar em um anteprojeto arquitetônico de um Hospital Maternidade para a Fundação Hospitalar Santa Teresinha de Erechim - FHSTE, na cidade de Erechim-RS. A metodologia deste trabalho é exploratória e descritiva, baseada na análise de dados secundários com etapa propositiva. Os resultados evidenciam a complexidade que envolve um projeto de um Hospital Maternidade e como conhecimentos provenientes da neurociência podem fornecer diretrizes capazes de conciliar as necessidades dos diferentes grupos de usuários que o frequentam.
Abstract/Resumen: When thinking about Health Care Establishments (EAS), it is often associated with buildings with the latest technology that allow process optimization and risk reduction. The complexities of the technical requirements of the hospital environment often end up weakening basic and primordial values related to the emotions, perceptions, sensations and experiences of users. When analyzing the users of these environments - patients, visitors and employees - it should be borne in mind that these groups have different needs. One of the most difficult and most important challenges for designers in being sensitive to the subjective and experiential issues of these groups and exploring factors that make the hospital environment more welcoming, using humanization strategies based on interdisciplinary contributions to create functionally and psychologically efficient spaces. In addition to humanization, another important factor that triggered this research was the problem of brazilian maternal health. Based on this idea, this study aims to report how the interwining of neuroscience with architecture can assist in an architectural project of a Maternity Hospital for the Hospital Santa Teresinha de Erechim - FHSTE, in the city of Erechim-RS. The methodology of this work is descriptive, based on the analysis of secondary data. The results show the complexity involved in a Maternity Hospital project and how knowledge from neuroscience can provide guidelines capable of reconciling the needs of different groups of users who attend it.
Assunto(s): Arquitetura e Urbanismo
Arquitetura hospitalar
Maternidade
Neuroarquitetura
Instituição: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
Sigla da Instituição: URI Erechim
Curso/Programa: Arquitetura e Urbanismo
Departamento: Ciências Sociais Aplicadas
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Raiane Luiza Balestrin Bez.pdf23,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.