Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/393
Tipo de documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Autor(es): Orso, Alexandra Cristiane
Orientador(es): Malysz, Karine Angélica
Coorientador(es): Morsch, Ana Lucia Bernardo de Carvalho
Título principal: Efeitos da fisioterapia aquática sobre a funcionalidade de pacientes com enfisema pulmonar
Publicação: 2019
Resumo: A DPOC é uma doença prevenível e tratável ocasionada pela exposição ao tabagismo e gases tóxicos O enfisema pulmonar é uma alteração clínica da DPOC que causa alterações na funcionalidade e qualidade de vida dos pacientes acometidos. Frente a isso, esse estudo teve como objetivo verificar os efeitos da fisioterapia aquática sobre a funcionalidade de pacientes com enfisema pulmonar. Os objetivos específicos buscaram avaliar a qualidade de vida, a força muscular global e a capacidade funcional antes e após um programa de reabilitação em fisioterapia aquática. A população foi composta por indivíduos com diagnóstico de enfisema pulmonar residentes no município de Barão de Cotegipe-RS, a amostra contou com nove indivíduos voluntários que participaram da pesquisa por um período de 8 semanas, três vezes semanais, totalizando 24 sessões. Os participantes foram avaliados nos período pré e pós-intervenção, em relação qualidade de vida, força muscular de membros inferiores e superiores, força de preensão manual, circunferência da perna e teste de caminhada de 6 minutos. Dos nove participantes, 78% eram do sexo masculino e 22% do sexo feminino, com média de 62,44 anos de idade. Foram encontrados resultados significativos na força muscular de membros inferiores e superiores e no teste de caminhada de 6 minutos e apresentaram uma melhora clinicamente na qualidade de vida. O protocolo utilizado em nosso estudo mostrou ser eficaz na funcionalidade e força muscular de pacientes com enfisema pulmonar. Os exercícios aquáticos foram relevantes no tratamento desses pacientes devido às propriedades físicas da água.
Abstract/Resumen: COPD is a preventable and treatable disease caused by exposure to smoking and toxic gases. Pulmonary emphysema is a clinical change in COPD that causes changes in the functionality and quality of life of affected patients. Therefore, this study aimed to verify the effects of aquatic physiotherapy on the functionality of patients with pulmonary emphysema. Specific objectives were to assess quality of life, overall muscle strength and functional capacity before and after a rehabilitation program in aquatic physiotherapy. The population consisted of individuals diagnosed with pulmonary emphysema residing in the city of Barão de Cotegipe-RS. The sample consisted of nine volunteers who participated in the research for a period of 8 weeks, three times weekly, totaling 24 sessions. Participants were assessed in the pre- and post-intervention periods for quality of life, lower and upper limb muscle strength, handgrip strength, leg circumference and 6-minute walk test. Of the nine participants, 78% were male and 22% female, with a mean age of 62.44 years. Significant results were found in lower and upper limb muscle strength and the 6-minute walk test and showed a clinically improved quality of life. The protocol used in our study was shown to be effective in functionality and muscle strength in patients with pulmonary emphysema. Aquatic exercises were relevant in the treatment of these patients due to the physical properties of water.
Assunto(s): Fisioterapia
Enfisema Pulmonar
Hidroterapia
Teste de caminhada
Instituição: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
Sigla da Instituição: URI Erechim
Curso/Programa: Fisioterapia
Departamento: Ciências da Saúde
Aparece nas coleções:Fisioterapia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Alexandra Cristiane Orso.pdf1,2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.