Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/126
Tipo de documento: Artigo Científico
Autor(es): ZUCCO, Danieli
Orientador(es): WISNIEWSKI, Miriam Salete Wilk
Título principal: Atuação fisioterapêutica na síndrome de Eagle : uma revisão bibliográfica
Publicação: 2018
Resumo: A Síndrome de Eagle é caracterizada pelo alongamento do processo estiloide do osso temporal. Este alongamento ocorre em cerca de 4 % da população, porém apenas uma porcentagem entre 4 a 10,3 % destes, são sintomáticos. Dentre os principais sintomas destacam-se dor ao engolir, sensação de corpo estranho, dor facial, otalgia e dor cervical. A predominância é maior no gênero feminino (3:1) e a sua etiologia ainda é discutida. O tratamento pode ou não ser cirúrgico. Considerando que os sintomas são variáveis e inespecíficos, diagnósticos e tratamentos múltiplos equivocados são comuns em indivíduos com dor orofacial, sendo difícil a identificação da causa subjacente, e, portanto, a decisão sobre as investigações necessárias, representa, ocasionalmente, um desafio. O mesmo ocorrendo em relação aos métodos terapêuticos utilizados pela Fisioterapia, tanto a nível conservador como pós-cirúrgico. Neste contexto, objetivou-se descrever a atuação fisioterapêutica conservadora e pós-cirúrgica na Síndrome de Eagle, bem como socializar conhecimentos sobre a fisiopatologia, métodos clínicos, farmacológicos e cirúrgicos. Para atingir os objetivos, foram utilizadas produções científicas publicadas em banco de dados nacionais e internacionais no período entre 2002 e 2017, pesquisadas por meio dos descritores Síndrome de Eagle, Processo Estiloide, Dor Orofacial e Fisioterapia na Síndrome de Eagle, pesquisados em português, inglês e espanhol. Como resultados, encontraram-se dezesseis artigos relacionados aos objetivos deste estudo, sendo que há poucos estudos demonstrando a utilização de métodos fisioterapêuticos conservadores na Síndrome de Eagle, e inexistem abordagens fisioterapêuticas pós-cirúrgicas para esta patologia, descritas na literatura pesquisada.
Assunto(s): Fisioterapia
Dor orofacial
Síndrome de Eagle
Instituição: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
Sigla da Instituição: URI Erechim
Curso/Programa: Especialização - Fisioterapia, Ortopedia e Traumatologia
Departamento: Ciências da Saúde
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Danieli Zucco.pdf282,08 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
TA - Danieli Zucco.pdf
  Restricted Access
750,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.