Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/185
Tipo de documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Autor(es): Zarbielli, Marcele Grolli
Orientador(es): Umpierrez, Alexandre
Título principal: Estudo sobre os consumidores de suplementos vitamínicos, minerais e óleos essenciais numa drogaria da cidade de Erechim-RS
Publicação: 2018
Resumo: Vitaminas e minerais são substâncias indispensáveis à manutenção das funções metabólicas e, por não serem sintetizados pelo organismo, necessitam ser obtidos por meio da alimentação. A utilização de complexos vitamínicos, minerais e óleos essenciais como forma de reposição tem aumentado expressivamente, e o assunto tem sido muito discutido. As alegações sobre os benefícios destes suplementos, especialmente no que diz respeito à prevenção de doenças são vastas, mas as comprovações científicas muitas vezes são escassas. Considerando que se tratam de produtos com uma legislação e controle pela ANVISA pouco eficiente e, na maioria dos casos, dispensam prescrição médica, a decisão de adquirir ou não o suplemento cabe ao consumidor que, muitas vezes, não possui conhecimento técnico na área. Neste contexto, o farmacêutico possui papel primordial, uma vez que se tratam de produtos da lista de produtos especificados para a prescrição farmacêutica e este é o último profissional da área da saúde entre o consumidor e o suplemento. É notável a grande responsabilidade dos profissionais farmacêuticos na hora da dispensação desses suplementos em farmácias, tendo em vista que muitas vezes o consumo é desnecessário e podendo inclusive provocar malefícios à saúde no caso de ingesta excessiva. Portanto, este trabalho teve por objetivo a realização de um estudo sobre o perfil dos consumidores de suplementos vitamínicos, minerais ou óleos essenciais em uma drogaria no município de Erechim RS, e avaliou o papel do farmacêutico na orientação da dispensação destes produtos. Para isso, foram aplicados trinta e nove questionários anônimos em um período de dois meses, com o objetivo de identificar os tipos de suplementos mais utilizados, a frequência de uso e a orientação recebida pelo consumidor no momento da compra. Foram coletados dados como idade, sexo, escolaridade, profissão, prática de exercícios físicos, hábitos alimentares, renda mensal, entendimento do que é um suplemento, tipo de suplemento utilizado, motivo de consumo, profissional que indicou a suplementação e frequência de uso de cada participante da pesquisa. Os dados obtidos foram correlacionados e analisados qualitativa e quantitativamente com base em tabelas e gráficos. Os resultados demonstraram que a maioria dos pesquisados que consome suplementos são do sexo feminino e possuem mais de 41 anos. Os suplementos mais utilizados pelos pesquisados foram complexos vitamínicos e minerais e vitamina D. Grande parte dos pesquisados que adquiriu suplemento indicou utilizar por necessidade de reposição comprovada, sendo que quase a totalidade destes adquiriu vitamina D. O médico foi o profissional da saúde mais procurado pelos pesquisados, sendo a vitamina D o suplemento mais prescrito por este profissional. Apesar de seu amplo conhecimento relacionado a medicamentos, o profissional farmacêutico foi muito pouco consultado pelos consumidores de suplemento. Devido a sua qualificação, fácil acesso e conhecimento para fornecer informações seguras, possuiria um papel importante na orientação do uso correto e racional desses compostos.
Abstract/Resumen: Vitamins and minerals are indispensable substances for the maintenance of the metabolic functions and, because they are not synthesized by the organism, they need to be obtained through feeding. The use of vitamin and mineral complexes and essential oils as a replacement form has increased significantly, and the subject has been much discussed. The claims about the benefits of these supplements, especially with regard to disease prevention are vast, but scientific evidence is often lacking. Considering that they are products with a poorly efficient legislation and control by ANVISA and, in most cases, they do not require medical prescription, the decision to buy or not the supplement is the responsibility of the consumer, who often does not have technical knowledge in the area. In this context, the pharmacist has a primordial role, since it is a product from the list of those specified for pharmaceutical prescription and this is the last health professional between the consumer and the supplement. The great responsibility of pharmacists at the time of dispensing these supplements in pharmacies is remarkable, since consumption is often unnecessary and may even cause health malfunctions in case of excessive intake. The aim of this paper was to conduct a study on the profile of the consumers of vitamin and mineral supplements or essential oils at a drugstore in the city of Erechim-RS, and evaluated the role of the pharmacist in the orientation of the dispensing of these products. To it, thirty-nine anonymous questionnaires were applied over a period of two months to identify the types of supplements most used, the frequency of use and the orientation received by the consumer at the time of purchase. Data were collected, such as age, gender, schooling, occupation, physical exercise practice, eating habits, monthly income, understanding of what a supplement is, type of supplement used, consumption reason, professional who indicated supplementation and frequency of use of each research participant. The obtained data were correlated and analyzed qualitatively and quantitatively based on tables and graphs. The results showed that the majority of respondents who consume supplements are female and are over forty one years old. The supplements most used by the respondents were vitamin and mineral complexes and vitamin D. Most of the respondents who purchased supplements indicated that they needed to have a proven replacement, and almost all of them acquired vitamin D. The doctor was the health professional most wanted by the respondents, vitamin D being the supplement most prescribed by this professional. In spite of their extensive knowledge related to medicines, the pharmacist was very little consulted by the supplement consumers. Due to their qualification, easy access and knowledge to provide safe information, they would play an important role in guiding the correct and rational use of these compounds.
Assunto(s): Farmácia
Vitaminas na nutrição humana
Alimentos - Aditivos
Serviços farmacêuticos
Instituição: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
Sigla da Instituição: URI Erechim
Curso/Programa: Especialização em Prescrição Farmacêutica e Farmácia Clínica
Departamento: Ciências da Saúde
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcele Grolli Zarbielli.pdf890,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.